Ano-Novo ou Réveillon é um evento que acontece quando uma cultura celebra o fim de um ano e o começo do próximo. Todas as culturas que têm calendários anuais celebram o "Ano-Novo". A celebração do evento é também chamadaréveillon, termo oriundo do verbo francês réveiller, que em português significa "despertar".

A comemoração ocidental tem origem num decreto do governador romano Júlio César, que fixou o 1 de janeiro como o Dia do Ano-Novo em 46 a.C. Os romanos dedicavam esse dia a Jano, o deus dos portões. O mês de Janeiro, deriva do nome de Jano, que tinha duas faces - uma voltada para frente e a outra para trás.

Comentem e mandem mais perguntas!
Conversando, semana passada, com uma amiga, que é professora de uma série da educação infantil, fiquei assustada com o seu relato. Ela me dizia que ao perguntar para a sua turma quem havia nascido no Natal, mas da metade da turma havia dito que tinha sido Papai Noel.
Afinal, de onde vem essa história do bom velhinho, como foi criada?
Papai Noel foi inspirado em São Nicolau Taumaturgo, Arcebispo de Mira, no século IV. Nicolau costumava ajudar, anonimamente, quem estivesse em dificuldades financeiras. Colocava o saco com moedas de ouro a ser ofertado na chaminé das casas. Foi declarado santo depois que muitos milagres lhe foram atribuídos. Sua transformação em símbolo natalino aconteceu na Alemanha e daí correu o mundo. (fonte:Wikipedia)
Esse símbolo do Natal hoje perdeu o seu real significado, o do século IV. O símbolo de ajuda, de doação se desvirtuou com o consumismo que há hoje.
O Natal virou apenas um momento onde as crianças esperam os presentes mais caros, que pediram aos seus pais durante todo ano; onde as pessoas pensam em que roupa vão usar na noite de Natal; o que vamos comer na ceia de Natal; onde será a ceia. Mas espere aí! Ceia porque? O que estamos comemorando mesmo? Afinal porque estamos reunidos?
Aí percebemos, estamos em um mesma mesa, nos encontramos em família, com os que mais amamos para comemorar o Natal, o nascimento do Senhor Jesus, o nosso Salvador, Redentor, que morreu pagando pelos meus e pelos seus pecados, sendo inocente, que morreu por nos amar demais, morreu para que nós vivamos e vivamos eternamente.
Pois é, sem nos lembrarmos Dele, não existe Natal. É um aniversário onde o aniversariante faltou. Que estranho! Que raro! Isso é impossível! Não podemos comemorar sem a presença do aniversariante. Mas infelizmente é isso que acontece em muitos lares na noite de Natal.
Então vamos pedir a Ela, a Virgem Maria, a primeira que O aceitou, a mãe do Senhor Jesus, que traga ele para dentro dos nossos corações e assim no dia de Natal entenderemos o porque de estarmos reunidos, o que estamos comemorando e o principal, saberemos Porque existe o Natal.

Comentem e mande mais perguntas!
Os rios nascem nas nascentes, que geralmente ficam no alto de montanhas. Aqui na América do Sul, os principais rios (São Francisco, Rio Negro, etc...) começam com o degelo que ocorre nas Cordilheiras dos Andes.



Ai eles vão seguindo seu curso normal, criando rios menores, desembocando em lagoas ou se a vazante for grande, chegam no mar.


Isso não devia acontecer, já que o mar já tem muita água. A vida é complicada.


Comentem sobre isso e mandem mais perguntas!